Notizie, curiosita',aneddoti, e fantasie su New York – tagged "Bushwick" – Minha Viagem a Nova York Google+

Autenticamente Nova York

Bushwick Open Studios: Os artistas de Nova York abrindo seus ateliês para o público October 05 2016

Mariagrazia De Luca

Durante a primeira semana de outubro milhares de artistas do Bushwich, bairro localizado no coração do Brooklyn, abrem excepcionalmente seus estúdios ao público, por causa do festival BOS, Bushwick Open Studios (1 e 2 de Outubro), organizado pela Associação de Artes do Bushwick

Para chegar em Bushwick, você deve pegar o trem L para 14th Street parando na Jefferson. 

Andando pelo Open Studios (o mapa pode ser baixado no site oficial do evento), você pode apreciar os belos murais nas paredes dos edifícios do bairro que hoje pode ser considerado um dos mais “alternativos” de Nova York.

 

É uma pena que a busca constante por "lucros" já esteja chegando aqui, e já podemos ver muitos cartazes cobrindo cada vez mais as obras de arte, a maioria de incrível qualidade, feitas por artistas independentes.

 

Entre as muitas exposições que eu recomendo que você faça uma visita a de treze artistas mexicanos, Se habla Arte Mexicano, da associação Méxtasis, na 476, Jefferson Street. Imigração, identidade, feminicídio, e "desaparecidos", esses são apenas algumas das questões abordadas pelos artistas.

Meu conselho: se perder nas ruas de Bushwich, que não são tão geométricas como as de Manhattan, entre e saia dos Studios, converse com os artistas, pergunte sobre sua arte (Estou muito animado para falar sobre isso), tome uma taça de vinho, ou coma pipoca, esses são alguns dos "mimos" que muitas vezes são oferecidos aos visitantes.

 

Cada artista de Bushwick (muitos dos quais são originários de Nova York, mas também de várias outras cidades dos EUA e do mundo) tem uma personalidade distinta, um estilo único, e utiliza materiais diferentes, originais e muitas vezes "incomuns".

 

Durante este fim de semana em Bushwick, tanto na rua como dentro do Open Studios, existem mundos surpreendentes para você descobrir e explorar... Uma aventura que você não pode perder! A sensação após a visita ao Bushwick Studios é de que você esta “drunk”, bêbado de arte e conhecimento.

 


Bushwick, o bairro com maior quantidade de artistas no mundo que fica no coração do Brooklyn May 22 2016

Texto e foto de Luca Marfé

FacebookLuca Marfé Photography - Twitter: @marfeluca - Instagram@lucamarfe

 

Partiremos de um conceito muito simples: se você ama o grafite, você tem que conhecer Bushwick, imediatamente.

Na linha L da Union Square em direção ao Brooklyn, desça na Jefferson Street e comece a andar pelo universo hipster mais cool de Nova York.

Uma viagem dentro de uma viagem para todos os amantes da Big Apple.

Antes mesmo de saltar do metrô, comece a limpar a tela de seu telefone (ainda melhor se tiver função contínua), pois sua imagem pode ser cortada.

Entre na Wyckoff Avenue e ande em direção a Troutman Street e se perca entre as milhares de diferentes expressões artísticas que moradores e simples frequentadores têm dado a este bairro cada vez mais visitado.

No passado aqui havia grande quantidade de fábricas, hoje muitas delas estão abandonadas e se tornaram o coração pulsante do talento nova-iorquino.

Troutman Street, acho, particularmente, uma obra-prima de cores e visões. Os murais são enormes e cobrem fachadas inteiras de edifícios. Você pode ir e voltar pelas obras pelo menos umas dez vezes, no entanto, nunca será suficiente e você sempre irá querer mais. E a cada passo verá algo novo, um detalhe ou um enorme portão que um momento antes você não tinha observado.

Maravilhas urbanas.

Existem muitas mensagens fortes, de cunho político e social. A arte não é só estética, mas os artistas querem fazer com que as pessoas escutem suas vozes e mudem as coisas erradas.

E o que dizer da diversidade? Você vai se deparar com personagens de todos os tipos. Os artistas de rua e os cidadãos comuns do mundo em busca de um momento de relaxamento, incluindo uma cerveja gelada (totalmente artesanal!) e alguns aperitivos, quaisquer que sejam.

Deixe em casa qualquer vestígio de timidez e se entregue: você terá as conversas mais absurdas e interessantes de sua vida!

Entre os lugares para escolher está o The Rookery, à direita na Troutman Street. O balcão é ótimo, a seleção de cerveja é interminável e o hambúrguer, o melhor que já caiu em minhas mãos! Tudo a preços relativamente baixos e com um belo jardim do lado de fora.

Como alternativa, existe um lugar mais famoso e, certamente, mais caro, o Sea Wolf, local de Wyckoff e Troutman. Você come divinamente (carne e peixe), o lugar é muito bom, tem um espaço amplo tanto interno quando externo e as bebidas são deliciosas. O único ponto sensível: a conta. A equipe está sempre muito ocupada e por isso muitas vezes não é amigável.

Quando você voltar para Manhattan (sei que estamos falando de Manhattan!), parece que está voltando para o planeta Terra.

Porque, como diz a obra de arte na área, Bushwick é uma espécie de "outro planeta".  E, na minha cabeça, será assim por um bom tempo.