Notizie, curiosita',aneddoti, e fantasie su New York – tagged "cosa visitare" – Minha Viagem a Nova York Google+

Autenticamente Nova York

A Procura do melhor café de Nova York September 23 2016

Se há uma coisa que você não pode deixar de trazer seja para visitar ou até mesmo viver nesta cidade maravilhosa, é sem dúvida uma dose abundante de energia.

Em Nova York, de fato, se anda muito. E assim, como um grande amante do café, fui em busca do melhor café expresso de Nova York.

Venha junto comigo!

STARBUCKS

Impossível não começar por aqui.

No imaginário coletivo de todos os italianos, e acredito que não só deles, a Starbucks é a América e a América é a Starbucks.

A rede americana, fundada em Seattle em 1971, combina os melhores cafés de todo o mundo para oferecer aos seus clientes uma variedade quase ilimitada de combinações possíveis: americano, expresso, macchiato, cappuccino, frappuccino e assim por diante.

Esse não será o melhor café expresso que você pode beber na cidade, mas, certamente, ele merece destaque, por tudo que representa, a verdadeira tradição americana de café.

CAFÉ VERGNANO, EATALY

Sinceramente, aqui o nível sobe e muito.

A histórica empresa de Piemonte fica localizada na gigante Eataly, perde em fama apenas para o lendário Flatiron, o "Iron" apelido dado pela forma triangular do edifício, um dos mais famosos do mundo.

O que mais posso dizer? Bem-vindo à Itália!

Desfrute de uma pausa com muitos aromas e cortesia, e você ainda tem a vantagem de poder comprar café moído na hora, e cápsulas compatíveis com as principais máquinas do mercado (recurso valioso para aqueles que estão em hotéis ou apartamentos que possuem cafeteiras) existe também uma grande variedade de biscoitos e doces de todos os tipos.

Os preços são razoáveis, mas para quem procura um típico café italiano, essa é um ótima opção.

ZIBETTO ESPRESSO BAR

Essa é a verdadeira (deliciosa!) surpresa da minha aventura de aromas e sabores. 

Ao contrário de outras dezenas de bares espalhados pelas ruas de Nova York, o café expresso daqui não se permitiu ser influenciado pelos hábitos de Nova York e gosto típico dos americanos. A essência aqui foi mantida de forma intacta.

Não existem variantes: café preto, cappuccino e macchiato.

101% Italiano, simples e perfeito.

Os preços são médios e existe uma infindável variedade de iguarias, doces e salgados, com os quais você sai regenerado seja de um passeio ou de uma reunião de negócios estressante.

Existe uma unidade que fica localizada no Rockefeller Center em um ambiente espaçoso e acolhedor. O da 5th Avenue (esquina da 42th) é menor, no entanto, está no coração de tudo.

SAN MATTEO ESPRESSO BAR

Se há uma coisa (na verdade, existem muitas!) que eu amo fazer é certamente tomar um café.

Ciro Casella é o nome do visionário por trás deste projeto, ele é de Salerno e já possui três lojas diferentes em Manhattan. Eu sou cliente assíduo do Pizza Espresso Bar Guest na 90th com 2nd Avenue, onde sua filha Marica, é a gerente.

Bem, o café aqui é arte! A mistura produzida com orgulho pelo Ciro vem cheia de força e aroma.

Feche os olhos: você está em casa.

Para os caçadores de emoções, e especialmente para pessoas que não estão de dieta, aqui está sua majestade, com base de noz, um creme misterioso e coberto com chantilly e chocolate em pó feito à mão.

Essa é uma das obras de arte assinada por Ciro.

TARALLUCCI E VINO

Outro lugar rico em estilo italiano está espalhado por cinco locais diferentes.

O meu favorito, fica além da Union Square, próximo ao Upper West Side (esquina da 83 com a Columbus Avenue).

Café e Cappuccino assinados por Lavazza, os croissants e as bombas também são incríveis. O lugar também é muito procurado para almoço e jantar.


Em dúvida no que visitar no Central Park? No final do artigo veja o mapa. April 28 2016

O Central Park é inigualável no mundo, é o parque mais fotografado, o pulmão verde de Nova York. Foi desenhado pelo paisagista Grederick Law Olmster e projetado pelo arquiteto inglês Calvert Vaux, que ganhou um concurso organizado pelo governo da cidade em 1857.

Este é um pequeno guia para visitar o Central Park, ele pode ser feito em um dia, ou metade de um dia (se você for rápido). Já adiantamos que há muito mais para ver (incluindo uma estátua de Giuseppe Mazzini), mas vamos falar sobre isso em artigos futuros. Aproveite, enquanto isso, a beleza do Central Park, e acima de tudo preste atenção no mapa no final do artigo, depois, é só apreciar as estrelas desse lugar fantástico.

1) The Pond e Gapstown Bridge

Para visitar o Central Park definitivamente devemos entrar pelo lado direito, na parte sul, próximo da Apple Store e do Hotel Plaza. A primeira coisa que você vai ver será a lagoa, e ela vai te impressionar, você vai conseguir tirar fotos fantásticas com a visão dos arranha-céus de fundo. Uma variedade enorme de pássaros e tartarugas frequentemente são vistas na lagoa, e vale a pena subir na Gapstown Bridge. Construída em 1896, feita toda de pedra, da significado a ideia de fugir da capital da modernidade, para mergulhar em uma cena medieval e bucólica.

 2) Zoo del Central Park

É um pequeno jardim zoológico, muito antigo, foi aberto em 1860 (antes da unificação da Itália), e ainda esta muito presente na cultura popular de Nova York, ao ponto de ter um registro e citações em vários livros e filmes (quem não se lembra de Madagáscar? Ou do livro The Catcher in the Rye). É um passeio lindo especialmente se você vier com crianças, o custo da entrada é de 18 dólares para adultos e 13 dólares para crianças até 12 anos. Vocêpoderá ver leões marinhos, pinguins, ursos, etc. Aqui podemos ver o mapa do zoológico.

 

3) Carousel

Agora, não se negue a ir até os cavalos do Central Park, este carrossel montado aqui em 1951, é uma experiência única, especialmente se tiver acompanhado de crianças. Entre outras coisas, este carrossel é citado na obra prima de Salinger, Catcher in the Rye. Custa 3 dólares o bilhete.

4) Statua di Balto

Balto é um cachorro conhecido por sua astúcia. Ele vivia na cidade de Nome, no Alasca. Em 1925 houve uma epidemia de difteria em Nome que se alastrou entre as crianças da cidade. Por causa das nevascas, que bloquearam todos os meios de comunicação, era impossível a chegada de medicamentos. A única solução para obter os remédios seria a utilização de trenós puxados por matilhas de cães. Várias equipes percorreram os 1600 quilômetros desde Nenana até Nome. Balto fez parte da última equipe nesta corrida, e foram os que chegaram com as antitoxinas a Nome. Uma estátua de Balto foi erguida em Nova York um ano depois para homenagear todos os cães.

5) Sheep Meadow

Uma enorme pradaria, aberta de abril até outubro, onde da para fazer um piquenique com vista fantástica dos arranha-céus. Aposto que você nunca iria pensar em fazer um piquenique aqui. Mas você deve fazer, especialmente quando o tempo estiver bom. Há também uma estátua de Giuseppe Mazzini nessa área. Mas você tem que descobrir onde ela está!

6) Bethesda terrace e Bethesa Fountain

A estátua que se vê no centro da fonte é uma das mais famosas de Nova York porque ela foi projetada por Emma Stabbins, a primeira mulher escultora de Nova York a ganhar um contrato. O cenário artístico de Nova York, nessa época era muito machista. Ela foi inaugurada em 1873. Na frente você vê uma série de arcos, e uma varanda. Esse é o lugar preferido dos artistas de rua, para suas performances e concertos ao ar livre. Atravessado as colunas, existe um espaço muito sugestivo na fechada.

7) Cherry Hill

É uma bela praça com uma fonte no meio, chama a atenção por ser cercada de cerejeiras que dão um espetáculo a parte quando florescem, lembra as praças japonesas.

8) Strawberry Fields 

Talvez esta seja a principal atração do Central Park. O Strawberry Fields é dedicado à memória de John Lennon, que a poucos passos do memorial, foi assassinado em 1980, na entrada do edifício em que vivia em North Dakota. O mosaico no centro foi feito por ceramistas napolitanos, e doado à cidade de Nova York. Essa é a imagem que não pode faltar no álbum de todos os nova-iorquinos.

9) The Lake

O lugar mais romântico por excelência do Central Park. The Lake (o lago) oferece como fundo a visão clássica das duas torres do edifício San Remo. Por US $ 12 por hora, mais 3 dólares adicionais para cada 15 minutos a mais, você pode experimentar remar em um pequeno barco nas águas calmas do lago. Há também a oportunidade de fazer um passeio em uma gôndola com um gondolista, Andres Garcia.

10) Ladies Pavillion

É o ponto que oferece a melhor vista do lago. É um lugar que está sempre cheio de casais, e uma boa parada para descasar antes de continuar a caminhada. Muitos estão pedindo permissão para celebrar seus casamentos neste local. O estilo vitoriano é encantador,ele foi construído originalmente em 1871, mas já foi restaurado várias vezes.

 

11) Bow Bridge

Diz à lenda que nenhuma mulher diz não, se você a propor em casamento na Bow Bridge, conhecida como a ponte dos amantes, no meio do lago. Novamente temos a visão usual do edifício de San Remo. Essa ponte foi concluída em 1862, e é a 'ponte mais longa do parque, com os seus 26 metros e meio de comprimento.

12) Alice nel paese delle meraviglie

Desculpe-me, mas se você tem filhos, você não deixar de trazê-los aqui! A estátua foi colocada aqui em 1959, projetado especialmente para as crianças, e foi uma doação do filantropo George Delacorte. Não é a estatua de um livro qualquer, é de Alice no País das Maravilhas um dos livros infantis mais famosos de todos os tempos. Você não pode perde.

 

13) Shakespeare Garden

É um pequeno jardim, onde encontramos plantas e flores, mencionadas nas obras do grande dramaturgo Inglês, ao qual o jardim leva o nome. Lembre-se que no verão um palco é colocado nesse local, e as obras de Shakespeare são apresentadas no Delacorte Theater, que fica a uma curta caminhada desse jardim. Os ingressos são gratuitos, mas acabam rapidamente, você tem que procurar diariamente para conseguir um, eles são sorteados no mesmo dia em que a peça e apresentada.

 

14) Belvedere Castle e Turtle Pond

Um sonho, um conto de fadas. De que outra forma você definiria este castelo? Dessa incrível obra vitoriana da para se observar Manhattan de longe, foi construído em 1865 por Calvert Vauxe Jacob Wrey. O nome italiano, "belvedere", é usado para indicar que a vista daqui é linda. O castelo também é uma estação meteorológica, mas acima de tudo é um ótimo lugar para se visitar. Em torno do lago podemos ver várias espécies de tartarugas, outro lugar mágico e encantado: TurtlePond.

 15) Great Lawn

Embora seja bem ao norte e muitos tenham dificuldades para chegar lá, especialmente se você começou seu passeio pelo sul do parque, este é o “maior gramado do Central Park”, aqui cabem pelo menos 8 campos de softball. Ideal para uma refeição ao ar livre.

 16) Onassis Reservoir 

Um grande e reservatório de água, agora abandonado, que ocupa uma área enorme do parque. Tem uma vista fantástica, do Central Park, e a profundida de um prédio de 7 andares. Possui uma famosa pista de corrida de dois quilômetros e meio ao longo de suas margens. Era frequentada por Jacqueline Kennedy que fazia os seus exercícios da manhã aqui.

17) Huddlestone Arch

Um arco de pedra, em que os blocos são mantidos pressionados em conjunto um a um, de forma suspensa. Uma pequena joia construída em 1866 que pode ser apreciada se você caminhar mais para a parte norte do parque.